13 de novembro de 2014

O PECADO DA VITIMIZAÇÃO


por George Gonsalves

Começou no Éden. Questionado sobre o seu pecado, Adão respondeu a Deus:"A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi" (Gn. 3: 12). O Senhor, então, se dirigiu à Eva, que se defendeu: "A serpente me enganou, e eu comi" (Gn. 3:13). Deus não perguntou nada à serpente e se perguntasse talvez ela também colocasse a culpa em outro ser. 
         De lá pra cá, muita coisa mudou, mas o desejo de se colocar como vítima permanece vivo como nunca na mente humana. Adúlteros são vítimas de mulheres sedutoras, filhos problemáticos são vítimas de pais repressores, pais deprimidos são vítimas de filhos desobedientes e até criminosos são vítimas de uma sociedade desigual. Enfim, se todos são vítimas nos perguntamos se há algum culpado no mundo.
Na verdade, todos queremos fugir de nossas culpas; não queremos admitir que pecamos, pois isto envolve humilhação e renúncia. É mais fácil culpar a outros, ou quem sabe o próprio Deus. Mas, esta atitude é pecaminosa. Quando estamos sempre na posição de vítimas, assumindo o papel de coitadinhos, deixamos de encarar a Deus e perdemos a oportunidade de mudar: "O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia" (Pv. 28:13).
A Bíblia assinala a responsabilidade de cada um pelos seus próprios atos: "A alma que pecar, essa morrerá...a justiça do justo ficará sobre ele, e a perversidade do perverso cairá sobre este (Ez. 18: 20). Somos chamados a encarar nossos próprios erros, mesmo que alguém tenha nos incitado a eles. A síndrome do "coitadismo" e da vitimização não levará nenhum homem a superar seus demônios e a alçar vôos cada vez maiores em direção à plenitude de vida.     

7 de novembro de 2014

VERSOS RELIGIOSOS DE CECÍLIA MEIRELES



Cecília Meireles (1901-1964)
por George Gonsalves

      Hoje é o dia de nascimento de Cecília Meireles, talvez a maior poetisa brasileira. Se fosse viva, estaria completando 113 anos de idade.

      Recentemente, li uma antologia poética dela com poemas arrebatadores. Cito abaixo alguns versos religiosos desta obra.

"Vou pelo braço da noite,
levando tudo o que é meu:
- a dor que os homens me deram,
e a canção que Deus me deu".
(Assovio)

"...Sempre mais comigo
vou levando os passos meus,
até me perder de todo
no indeterminado Deus".
(Em voz baixa)

"Quando o tempo em seu abraço
quebra o meu corpo, e tem pena,
quanto mais me despedaço,
mais fico inteira e serena.
Por meu dom, divino faço
tudo a que Deus me condena".
(Canção)

"Pode ser que também Deus se aviste,
nessa imóvel transparência.
E pode ser que Deus aviste teu coração,
e saiba por que desceste
esses degraus de cristal que iam para tão longe".
(Metal Rosicler)

3 de novembro de 2014

A COMOVENTE MORTE DE BRITTANY

Brittany Maynard
por George Gonsalves

"Adeus, mundo". Esta foi uma das últimas mensagens deixadas por Brittany Maynard, a americana de 29 anos de idade, que planejou a própria morte. No último dia primeiro de novembro, ela passou pela experiência da morte assistida. Acompanhada de seus familiares, ela tomou uma medicação que pôs fim a dores lancinantes causadas por um tumor no seu cérebro.
Diagnosticada com câncer em estado avançado, Os médicos só deram cerca de seis meses de vida a Brittany. Mas, sua mente iria degenerar semana após semana, trazendo enormes sofrimentos a si e aos que a amavam. Ela, então, decidiu realizar seus últimos desejos (como ir ao Grand Canyon) e morrer "nos seus próprios termos".
Embora creia que só Deus pode tirar a vida de alguém, entendo a decisão de Britanny, apesar de não endossá-la. Impossível não se comover com sua história. O suicídio é um tema controverso no cristianismo. Muitos acreditam que nenhum suicida poderá ser salvo. Apesar disso, desde cedo há registros de cristãos que puseram fim às suas vidas. Alguns desses registros foram deixados pelo primeiro historiador da igreja, Eusébio de Cesaréia (265-339). Segundo ele, algumas cristãs virgens cometeram suicídio para evitar que fossem estupradas e mortas com crueldade pelos perseguidores do império romano.  
Muitas são as razões para que alguém ponha fim a sua vida. Algumas são egoístas, outras altruístas. Uns se matam por não mais suportarem o peso de suas próprias existências, outros para salvarem a vida de alguns. Outros por estarem mentalmente perturbados. Não podemos perscrutar cada coração.
Agora, Brittany passou às mãos d'Aquele que poderá julgar perfeitamente as suas decisões. Não ousemos traçar o seu destino eterno. Deixemos que Deus seja Deus. 

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...