15 de julho de 2013

CRISTIANISMO REVOLUCIONÁRIO

CRISTIANISMO REVOLUCIONÁRIO
AUTOR: JACQUES ELLUL
ED. PALAVRA, 2012, 123 p.


por George Gonsalves

     Um dos melhores livros que li nos últimos meses. Já havia lido uma obra do sociólogo protestante há algum tempo: Anarquia e cristianismo, que trazem importantes reflexões sobre a relação entre Cristianismo e Estado.
     Em Cristianismo revolucionário, que traz como subtítulo “a importância da presença do cristão no mundo atual”, Jacques Ellul (1912-1994) volta a trazer pensamentos perspicazes sobre a vivência cristã. Senti-me desafiado durante toda a leitura. Cheguei a grifar páginas quase inteiras. Para Ellul, não há princípios políticos ou sociais que sejam cristãos, de modo absoluto. Deus age no meio da história através dos homens de cada tempo.
   Qualquer leitor poderá discordar de várias coisas escritas no livro, mas dificilmente ficará indiferente a elas. Cito alguns trechos do livro:

      “alguns tentarão dissociar a situação espiritual e a situação material, negando a esta toda significação, declarando que ela é neutra e não concerne à vida eterna, e prestarão atenção apenas aos seus ‘problemas espirituais’. O que conta, vão dizer, é a vida interior” (p. 16).

“as lutas atuais não são verdadeiramente revolucionárias, são lutas de pessoas, de grupos: trata-se de saber quem tomará o poder” (p. 33).

“a exigência de Deus é inesgotável, assim como o seu perdão” (p. 43).


“ser revolucionário é pronunciar-se sobre o que existe, sobre os fatos atuais, em nome de uma verdade que ainda não está aqui (mas que virá) e é fazê-lo tenda essa verdade como a mais autêntica, mais real que o real que nos cerca” (p. 44).

Nenhum comentário:

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...