21 de fevereiro de 2012

A LUTA DE JACÓ


Um homem com seu povo atravessando o frio deserto. 
Temeroso, fugindo da possível morte, da vingança de um irmão traído. 
Presentes foram providenciados na tentativa de aplacar a ira do futuro encontro. 
Mas uma coisa era preciso e o fugitivo Jacó, sabia disso. 
Até  que tomou uma decisão. A mais acertada de toda a sua vida até ali. 
Levantou-se, despediu as duas esposas, as servas e os filhos e ficou só. Naquele instante, a solidão era a melhor saída. 
Tinha uma batalha a ser enfrentada dentro em pouco: a fúria de um irmão enganado. Mas, não venceria essa batalha, sem antes travar outra. 
Agora, Jacó estava "só". Era ele e Deus. 
E iniciou-se a luta. 
A perseverança e disposição de só sair dali com a sua bênção, impressionara o anjo. 
O tempo passava a noite se ia, e já o dia se aproximava. 
O cansaço da luta não desanimava o lutador. Era questão de vida e morte. Precisava sair dali vitorioso. 
A luta se travava renhida, até que numa tentativa de desarmar o incansável Jacó, um golpe rompe sua coxa e deixa-o manco. 
Mesmo assim, ele não desiste e diz insistentemente: "Não te deixarei ir, se não me abençoares". 
"Qual o teu nome?" Pergunta o anjo numa aparente rendição, e ele resignado responde: "Jacó". 
Pronto! Finalmente a bênção... 
O saldo da luta: um nome mudado e um coração completamente transformado. Agora não seria mais Jacó, mas Israel. 
É estranho, mas é assim no reino espiritual. 
Lutamos com Deus, e Ele permite que prevaleçamos. 
Lutamos com Deus e já não somos mais os mesmos. 
Lutamos como príncipes e somos transformados em servos. 
Vitoriosos servos.  

     Silvana Sales  

Um comentário:

Walter Filho disse...

Quero agradacer a visita e o comentário do irmão roberto ao meu blog (http://blogdowaltim.blogspot.com), e parabenizar os irmãos pelo excelente trabalho nesse espaço virtual chamado "Igreja batista do verbo", que Aquele que vive e reina para sempre continue a boa obra em vos iniciada até o dia de Cristo (Ef 6.6), em nome de Jesus.

Mano George, tbm te convido a visitar meu blog, ele trata de apologética cristã com uma pequena dose de bom humor.

Estou "seguindo" seu blog, se desejarem uma parceria sigam o meu tbm a exemplo do irmão Roberto.

God bless you!

Microscopicamente (João 3.30),

Walter Filho

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...