22 de novembro de 2011

A FARSA DO ORGULHO

        Acredito que de todos os pecados que cometemos o pecado do orgulho é o pior. Ele nos impede de mudarmos, uma vez que não ouvimos repreensões. A coisa fica mais grave porque normalmente o orgulhoso não se reconhece como tal. Muitas vezes o orgulhoso acredita que é ungido, iluminado, verdadeiro, o mais santo, aquele a quem os outros devem imitar.
      Brennan Manning escreveu um livro (O impostor que vive em mim - Editora Mundo Cristão) que chamou minha atenção porque trata do pecado da vaidade e da tentação que sofremos em querer aparentar ser quem não somos. Segundo ele, temos um "impostor" dentro de nós nos tentando a agir dissimuladamente. A razão que nos leva a tal farsa é de querer nos tornar agradáveis aos outros e aparentarmos ser mais espirituais do que realmente somos. É tentador parecer um leão selvagem quando, na verdade, não passamos de um gato desorientado pelo pecado que nos cega. Lembro-me do fariseu que orava de si para si mesmo : "Ó Deus graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros, nem ainda como este publicano; jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho". Já o publicano: "estando em pé, longe, não ousava nem ainda levantar os olhos ao céu, mas batia no peito dizendo: Ó Deus, sê propicio a mim, pecador!" (Lc. 18: 11-14). Jesus nos ensina que este saiu justificado e não aquele; porque todo o que se exaltar será humilhado mas o que se humilha será exaltado.
      Porque é tão dificil perceber que a "lógica" do reino é ilógica para esse mundo? O maior é o que serve (João 13: 12-15). Lembremo-nos de uma discussão que os discípulos tiveram sobre quem era o maior no reino dos céus e como Jesus fechou a questão: Ele colocou uma criança no meio deles e disse que aquele que não se converter como crianças, de modo algum entrará no reino dos céus (Mt. 18: 1-5). Que sejamos para a glória de Deus!
       João Batista disse: "importa que Ele cresça e que eu diminua" (João 3:30). Quando Cornélio se encontrou com Pedro e se prostrou diante dele, este o repreendeu dizendo: "levanta que eu também sou homem" (At. 10:26). Portanto, não queiramos aquilo que só a Deus pertence. A glória, o poder, o louvor, a  adoração, os aplausos tudo é d'Ele e para Ele. Amém!
Roberto Pereira

2 comentários:

toim disse...

tem muita gente que estão se sentindo como o gatinho da foto , pior é que são evangélicos...dou graças a DEUS que não somos evangélicos... SOMOS ANABATISTAS !!!

Roberto Pereira disse...

Quando escrevi esse artigo me preocupei ,unicamente, com o pecado do orgulho o qual todos nós estamos sujeitos a cair já que somos im perfeitos. O Diabo, nosso adversário, está a nos rodear rugindo como um leão buscando a quem possa tragar. Portanto vivamos piedosamente, sóbrios e vigilantes a espera do Senhor Jesus.

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...