7 de outubro de 2011

SAUDADES DO CÉU: UM TRIBUTO



No céu não entra pecado,
Fadiga, tristeza, nem dor;
Não há coração quebrantado,
Pois todos são cheios de amor,
As nuvens da vida terrestre,
Não podem a glória ofuscar,
Do reino de gozo celeste,
Que Deus quis prá mim preparar!




Irei eu prá linda cidade,
Jesus me dará um lugar,
Co’os crentes de todas as idades,
A Deus hei de sempre louvar.
Do céu tenho muitas saudades,
Das glórias que lá hei de ver,
Oh! Que gozo vou ter, quando eu vir meu Senhor,
Rodeado de grande esplendor!

(Ingrid Anderson Franson - hino nº 422 da Harpa Cristã).




      Com o rosto pálido, e a voz ainda fraca, nossa amada irmã Zuila pediu-nos que cantássemos um hino. E o escolhido por ela mesmo foi esse.

        Acho que não conheci nenhuma outra cristã que cantasse mais hinos sobre o céu do que ela.

         Apesar do corpo enfermo, da visível indisposição, havia naquele cantar um misto de saudade e comoção. Sua voz, por vezes parecia ficar embargada como se estivesse a pressentir que num futuro não muito distante ela estaria lá, naquela linda cidade.

         Poucos meses se passaram depois dessa nossa última visita, e apesar das nossas lágrimas e orações, ela se foi.


     Partiu deixando saudades, e perguntas que provavelmente nunca tenhamos as respostas.


          Em meio às tristezas, um consolo, de que pelo menos um desejo havia se cumprido, o de alguém que cantava e anelava estar no céu.

 
Silvana Sales











2 comentários:

Pr Waldyr disse...

Ler esse relato tão importante, me faz reportar às motivações que regem os nossos corações. Como muitas vezes somos pequenos e deixamos de receber o melhor de Deus para nossas vidas. Viver a vida abundante de Cristo é também crer na viva esperança do Crente. Há uma morada celestial preparada para todo aquele que foi lavado e remido pelo Sangue de Cristo. Em breve, nossas lutas, fadigas, conflitos, medos e tantos outros irão desaparecer e estaremos para sempre com o Senhor.

Que Deus os abençoe rica e abundantemente,

Em Cristo Jesus,

Pr. Waldyr

Pr Waldyr disse...

Ler esse relato tão importante, me faz reportar às motivações que regem os nossos corações. Como muitas vezes somos pequenos e deixamos de receber o melhor de Deus para nossas vidas. Viver a vida abundante de Cristo é também crer na viva esperança do Crente. Há uma morada celestial preparada para todo aquele que foi lavado e remido pelo Sangue de Cristo. Em breve, nossas lutas, fadigas, conflitos, medos e tantos outros irão desaparecer e estaremos para sempre com o Senhor.

Que Deus os abençoe rica e abundantemente,

Em Cristo Jesus,

Pr. Waldyr

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...