22 de agosto de 2011

BONHOEFFER, UM MÁRTIR DA IGREJA?

LIVRO: BONHOEFFER, O MÁRTIR
AUTOR: CRAIG SLANE
EDITORA VIDA, 2007, 407p.
          Nesta obra o teólogo Craig Slane defende uma tese polêmica: Dietrich Bonhoeffer, pastor e teólogo alemão, é um mártir da igreja, tanto quanto aqueles que morreram no Coliseu romano no início da igreja. A tese é controversa porque Bonhoeffer se envolveu em uma conspiração que tinha como objetivo executar Adolf Hitler, que vinha colocando em ação seu plano de extermínio de judeus. Foi preso e acabou enforcado em um campo de concentração antes de completar 40 anos de idade.
          Dialogando com filósofos como Kierkegaard e Heidegger, e teólogos como Karl Rahner, o autor procura elaborar uma base teórica cristã para o martírio e incluir nela o exemplo de Bonhoeffer.
          Slane cita ao longo do livro várias partes de obras e cartas de Bonheffer, em que procura demonstrar a preocupação do pastor com o testemunho cristão no mundo, o que incluía uma entrega aos que padeciam injustiças. Em uma carta ele disse: "'Erga a voz em favor dos que não podem defender-se' (Pv. 31:8). Quem reconhece, na igreja de hoje, que essa é a menor das exigências a nós feitas pela Bíblia [...] nestes tempos" (p. 387).
          Trata-se de uma obra densa que nos leva a reflexões sobre o papel do cristão ante as injustiças no mundo, e que tem o mérito de não defender todos os atos de Bonhoeffer.

George Gonsalves

Um comentário:

Doutrina Cristã disse...

"a graça barata é inimiga mortal de nossa Igreja. A nossa luta trava-se hoje em torno da graça preciosa que é um tesouro oculto no campo, por amor do qual o homem sai e vende tudo que tem (…) o chamado de Jesus Cristo, ao ouvir do qual o discípulo larga suas redes e segue (…) o dom pelo qual se tem que orar, a porta a qual se tem que bater."

Hum nobre cristão...

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...