15 de abril de 2011

Savonarola: novo livro retrata a vida do pregador de Florença


          O título do livro do historiador americano Lauro Martines sobre a Florença do século XV é apropriado: Fogo na cidade. Quem "incendiou" o lugar foi o frei católico Girolamo (ou Jerônimo) Savonarola (1452-1498), tido por alguns como precursor da Reforma Protestante. Sua arma principal: a pregação.

          Os discursos inflamados contra a corrupção moral religiosa e política moveram muitos corações. Em um sermão, certa vez ele bradou: "Vem cá igreja infamada! Ouve o que te diz o Senhor. Dei-te formosas vestimentas, e tu exercestes com elas a idolatria. Com os vasos preciosos tens alimentado o teu orgulho, tens profanado o que antes era sagrado". Como resultado de sua mensagem, pessoas se desfaziam de obras de arte, jóias e outros objetos, e eram colocadas sobre imensas fogueiras, chamadas de "fogueiras da vaidade".

          Alguns se tornaram seus discípulos, mas o incômodo causado nos poderosos o levaram a ser perseguido. Em 1497 ele foi excomungado pelo papa Alexandre VI. No ano seguinte foi levado à forca, juntamente com dois freis: Silvestre e Domingos. Conta-se que pouco antes da execução, um sacerdote se aproximou dele e falou: "Vês agora qual será o resultado de tua rebeldia?". Ele teria respondido: "Muito mais sofreu Jesus por mim".

A obra foi lançada neste ano pela editora Record e tem 364 páginas.
Para saber mais:
Eles andaram com Deus - Jefferson Magno Costa, CPAD, 1985.
Savonarola - Luis María Lojendio, Editorial Aster/Ed. Flamboyant, 1958.
Jerônimo Savonarola: reformador teológico ou contestador político? - F. Solano Portela Neto, Fides Reformata 2/1, 1997.
George Gonsalves


Nenhum comentário:

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...