11 de março de 2011

PERGUNTAS QUE DEUS NOS FAZ


Onde estás? (Gên. 3:9)
Onde está Abel, teu irmão? (Gên. 4:9)
Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? (Jó 38:4)
Quem é este que escurece os meus desígnios com palavras sem conhecimento? (Jó: 38:2)
Acaso, anularás tu, de fato o meu juízo? Ou me condenarás, para te justificares? (Jó 40:8)
Quem conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? (Rm. 11:34)
Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: por que me fizeste assim? (Rm. 9:20)
Não tornou Deus louca a sabedoria do mundo? (I-Cor. 1:20)
Quem primeiro me deu a mim, para que eu haja de retribuir-lhe? (Jó 41:11)
Agindo eu, quem o impedirá? (Is. 43:13)
Até quando coxeareis entre dois pensamentos? (I-Reis 18:21)
Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio? (Mt. 7:3)
Tu, pois, que ensinas a outrem, não te ensinas a ti mesmo? (Rm. 2:21)
Pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso? (Tg. 3:11)
Quem creu em nossa pregação? (Is. 53:1)
Como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? (Rm. 10:14-15)
Que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te vanglorias, como se o não tiveras recebido? (I-Cor. 4:7)
Se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? (Mt. 5:46)
Por que não sofreis, antes, a injustiça? Por que não sofreis, antes, o dano? (I-Cor. 6:7)
Cristo está dividido? (I-Cor. 1:13)
Por que sois tímidos, homens de pequena fé? (Mt. 8:26)
Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? (Lc. 12:25)
Por que transgredis o mandamento de Deus, por causa da vossa tradição? (Mt. 15:3)
Qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? (Tg. 2:14)
Aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o coração, como pode permanecer nele o amor de Deus? (I-João 3:17)
Quem dizeis que eu sou? (Mt. 16:15)
Por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que vos mando? (Lc. 6:46)
Não crês que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? (João 14:10)
Não pudeste vigiar nem uma hora? (Mc. 14:37)
Quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra? (Lc. 18:8)
Por que buscais entre os mortos ao que vive? (Lc. 24:5)
Por que me viste, creste? (João 20:29)
Por que sobem dúvidas ao vosso coração? (Lc. 24:38)
Não convinha que o Cristo padecesse e entrasse na sua glória? (Lc. 24:26)
Por que me persegues? (At. 9:4)
Darás a vida por mim? (João 13:38)
Tu me amas? (João 21:16)
George Gonsalves

Nenhum comentário:

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...