9 de fevereiro de 2011

Rebeldes muçulmanos destroem igrejas cristãs


Um policial indonésio faz vistoria em uma igreja que foi saqueada na cidade de Temanggung

FOTO: REUTERS

9/2/2011

Templos foram saqueados e incendiados como forma de exigência de pena de morte a um cristão.

Jacarta. Um grupo de muçulmanos indonésios incendiou e depredou igrejas cristãs e enfrentou a Polícia, ontem, em meio a uma onda de violência religiosa no maior país islâmico do mundo.

Dois dias depois de um grupo de muçulmanos ter linchado até a morte três membros de uma pequena seita islâmica, uma multidão de muçulmanos furiosos atearam fogo a dois templos cristãos e saquearam um terceiro na cidade de Temanggung, no centro da ilha de Java, segundo a Polícia.

Os fatos ocorreram durante confrontos com a Polícia quando o grupo reclamava a pena de morte para um cristão condenado por blasfêmia contra o islã.

Eles exigem a pena de morte para Antonius Bawengan, 58, cristão condenado a cinco anos de prisão por distribuir panfletos considerados ofensivos ao islamismo.

"Hoje (ontem) foi o auge do julgamento. A multidão gritava que ele deveria ser condenado à morte ou ser entregue ao público", afirmou Djihartono, porta-voz da Polícia de Java Central.

Os manifestantes gritavam "morra, morra" do lado de fora do tribunal, e "queimem, queimem" ao seguirem em direção às igrejas, em uma região de Java onde muçulmanos e cristãos convivem pacificamente. Uma escola católica também foi vandalizada.

Os cerca de 1.500 manifestantes também atiraram pedras contra a Polícia, que respondeu com gás lacrimogêneo e tiros de advertência para o alto. Uma viatura policial foi queimada em meio à confusão, que começou em frente à corte e se espalhou pelas ruas do bairro.

O mais recente ato de violência religiosa na Indonésia, geralmente citada como exemplo de país pluralista, coincide com um aumento da pressão sobre o governo para que combata o extremismo e reforce seu compromisso com a diversidade.

(Fonte: Diário do Nordeste, 09.02.2011)



Nenhum comentário:

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...