31 de janeiro de 2011

HÁ COISAS INADIÁVEIS

                                                                    
                                                                                                                      por George Gonsalves

Esta vida é uma estranha hospedaria,
De onde se parte quase sempre às tontas,
Pois nunca as nossas malas estão prontas,
E a nossa conta nunca está em dia...
                                           Mário Quintana

    Aconteceu há cerca de quatro anos. Havia na pequena congregação uma senhora que  eu estimava muito. Era gentil, amável e raramente faltava às reuniões. De repente, apresentou sintomas de que não estava bem. O diagnóstico foi duro: ela tinha câncer em estado avançado.

    Nunca deixei de orar por ela, nem de visitá-la. Ela se mostrava confiante em uma recuperação que, infelizmente, não aparecia. Aos poucos seu estado de saúde foi se deteriorando. Ela foi perdendo a capacidade de falar. Em uma das últimas visitas que a fiz, ela praticamente não estava mais pronunciando palavras.

   Liguei para uma jovem que não estava mais se congregando conosco. Avisei-a que o estado de saúde da referida senhora estava piorando muito, e que ela praticamente não falava mais. Semanas depois, esta jovem telefonou para alguém que se congregava conosco perguntando sobre a senhora:

- Ela está bem?

- Sim, ela está muito bem ... no céu, respondeu a outra pessoa.

     Um silêncio se fez do outro lado da linha.

    Há inúmeras coisas que planejamos fazer em nossas vidas que talvez não tenham tanta importância. Elas podem ser adiadas indefinidamente. Outras, no entanto, devem ser realizadas imediatamente. A demora pode fazer com que percamos para sempre a oportunidade de realizá-las.

    Jesus ordenou várias vezes a seus discípulos que estivessem preparados para deixar este mundo: "Vigiai!". Em outras palavras, devemos resolver pendências que estão ao nosso alcance. Por isso, se há alguém que precise ver, visite-a. Se há dívidas a serem pagas, quite-as. Se há alguma reconciliação a fazer, faça-a. Não adiemos aquilo que é inadiável: "Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz nisso está pecando" (Tiago 4:17).


Nenhum comentário:

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...