19 de julho de 2010

INQUISIÇÃO NO CEARÁ


        Pouca gente sabe, mas a inquisição criada pela igreja católica na Idade Média para perseguir os discordantes de sua doutrina atuou no Estado do Ceará, região nordeste do Brasil.  
Entre os meses de maio a julho, o jornal O Povo trouxe extensas reportagens sobre o assunto. Recentemente também foi publicado um livro que traz importantes informações sobre a perseguição religiosa no Estado: A inquisição e o sertão, do historiador Otaviano Vieira Junior.
Entre os anos de 1752 a 1802, 19 pessoas foram processadas pela Inquisição portuguesa em localidades como Inhamuns, Cariri e Sertão do Jaguaribe. Seis homens foram condenados a serviços forçados nas caravelas do reino de Portugal, incluindo dois idosos de 60 anos.  
Dentre os processados, havia uma mulher: Francisca Rodrigues de Sá, 32 anos, que morava na Serra da Beruoca, hoje Meruoca. A Inquisição a processou pelo crime de sacrilégio.  
Além de remar nas galés, os condenados enfrentaram outras punições como degredo para Angola, açoite público, penitências e pagamento de custas.
O Tribunal da Santa Inquisição teria sido criado em um concílio reunido em Toulouse, França, no ano de 1229. Os tribunais emitiam suas condenações, mas era o governo que as executava.
Importante observar que a Inquisição perdeu força, não por uma mudança doutrinária da igreja católica, mas por circunstâncias políticas. Ou seja, os Estados nacionais não mais se submeteram aos ditames dos papas. Isto ficou claro no ano de 1864 com a publicação da encíclica Quanta cura, acompanhada de uma lista ou Sílabo de erros, condenando oitenta proposições modernas que os católicos não podiam aceitar. No tópico 24 está escrito: “Que a igreja não tem autoridade para usar de força, nem tem nenhum poder temporal, seja direto ou indireto”. E no 77: “Que em nossos tempos já não é mais conveniente que a religião católica seja a única do Estado, nem que se excluam todos os outros cultos”.        
     
     George Gonsalves  



JUÍZA SE NEGA A CASAR GAYS

Juiza argentina desobedece a lei e se 
nega a casar gays:
 “não quero que Deus me condene.”

     Uma juíza de paz argentina afirmou nesta sexta-feira que se negará a casar pessoas do mesmo sexo por temer “condenação de Deus”, mesmo que isso lhe custe a carreira, após a aprovação da lei que permite o casamento homossexual na Argentina.
        Segundo a juíza de paz Marta Covella, da província de La Pampa (centro da Argentina), os casais homossexuais não deixarão de se unir por causa dela, já que um juiz suplente será designado para ratificar o matrimônio.
       "Mas eu, por uma questão de princípios cristãos, não posso fazê-lo. Porque na Bíblia, Deus não aprova essa forma de viver. Uma relação entre homossexuais é uma coisa ruim diante dos olhos de Deus”, justificou Covella.
        Mesmo levando em conta os riscos de ser destituída ou criticada pela opinião pública, ela afirma que “por nada nem por ninguém” irá contrariar seus princípios.
        “O que não quero é que Deus me condene”, ressaltou.
      A Argentina aprovou nesta quinta-feira uma reforma do Código Civil que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, depois de um duro e intenso debate legislativo que reflete a divisão que existe no país a respeito do tema.

Fonte: EFE / Gospel+



EXCELENTE LIVRO DE CHARLES SWINDOLL

EU, UM SERVO? VOCÊ ESTÁ BRINCANDO! 
Autor: Charles Swindoll. Editora Betânia, 1983, 231 p.


        O pastor Swindoll é um dos melhores autores de uma teologia que poderíamos chamar de prática. Ele escreveu diversos livros nesta área: Vivendo sem máscaras, Como viver acima da mediocridade, Firmes seus valores, dentre outros. Mas talvez, Eu, um servo? seja o melhor de todos. Conheci alguém que o leu sete vezes.
         Em uma época em que os cristãos são ensinados a andar de nariz empinado (afinal são filhos do rei) e a buscar uma vivência cada vez mais individualista, Swindoll nos presenteia com este excelente livro sobre o agir do crente. Ele nos transmite o genuíno ensino bíblico sobre o caráter cristão, no que tange do serviço ao próximo. Como faz em outras obras, ele permeia o livro com histórias emocionantes.
         Alguns dos tópicos dão uma mostra da obra: “Como o servo deve dar?”,”Quanto nos custará dar?” “Nosso perdão de uns para os outros” e “A ordem de Jesus: 'seja diferente!’”.         
George Gonsalves

PACIÊNCIA


"Há mais pessoas que desistem do que fracassam."
HENRY FORD

"A constância é a prova da sinceridade."
 CHARLES SPURGEON

"Não importa o tamanho da montanha. Ela não pode tapar o sol."
                                                                          PROVÉRBIO CHINÊS

"Aprendo isto diariamente, aprendo em meio a dores às quais sou grato, a paciência é tudo!"
         RAINER MARIA RILKE

PRUDÊNCIA


"Há mais valor em evitar o perigo do que em vencê-lo."
                                                                                BALTASAR GRACIÁN


"Tome conselho com o vinho, mas depois tome decisão com a água."
                                            BENJAMIM FRANKLIN

"Não se deve dar crédito a qualquer palavra nem obedecer a todo impulso, mas pesar as coisas na presença de Deus com prudência e vagar."
                                                                                 TOMÁS DE KEMPIS

"Não se dê aos outros ao ponto de não poder mais se dar a si mesmo."
                                                                                 BALTASAR GRACIÁN

"Há mais valor em evitar o perigo do que em vencê-lo."
                                                                                BALTASAR GRACIÁN

"Ouça duas vezes antes de falar uma."
                                                                                RALPH W. EMERSON


"Domina as coisas e não deixa que as coisas o dominem."
                                                                                BALTASAR GRACIÁN

"Você deve pensar bem no que vai dizer ou fazer. Escapa-lhe o poder de reconsiderar aquilo que já foi dito ou feito."
                                                                                EPITETO


"Não e sim são palavras breves, mas exigem uma reflexão prolongada."
  BALTASAR GRACIÁN

"Desprezo tanto aquele que procura um perigo inútil, como aquele que foge do perigo que deve enfrentar ."
                                                                                JEAN J. ROUSSEAU

"Não passe a vida descontente consigo mesmo, o que é mesquinhez, nem satisfeito, o que seria tolice."
  BALTASAR GRACIÁN



"Assim como nem tudo o que agrada nos é lícito, nem tudo que é lícito é conveniente."
                                                                                SÃO BERNARDO


"Os sensatos retardam o julgamento sobre o que ouvem."
  BALTASAR GRACIÁN

"Quem avança saltando não conhece todo o trajeto."
                                                                                CARNEIRO DE AZEVEDO


"Sempre há tempo para proferir uma palavra, mas não para fazê-la voltar. 
  BALTASAR GRACIÁN

"Melhor evitar errar uma vez do que acertar cem vezes."
  BALTASAR GRACIÁN

"Nem a promessa irrefletida nem a decisão equivocada devem nos obrigar ao erro."
  BALTASAR GRACIÁN

12 de julho de 2010

PASTOR BASTOS: A PARTIDA DO LÍDER


        No último dia 3 de junho partiu para o Senhor o pastor Sebastião Mendes Pereira, conhecido como pastor Bastos. Ele era líder da Assembléia de Deus, Templo Central, em Fortaleza.    
Nasceu em 3 de maio de 1921, em Fortaleza, quando a igreja em que viria  pertencer tinha apenas 10 anos de existência. Leu a Bíblia inteira antes mesmo de sua conversão. Em abril de 1938, ouviu a pregação do missionário norte-americano Orlando Boyer, autor de inúmeros livros como Heróis da fé e Esforça-te para ganhar almas. Ali, entregou sua vida ao Senhor Jesus.
Em 1941, aos 19 anos de idade, começou a dirigir a congregação da Assembléia de Deus no bairro do Mucuripe, em Fortaleza. Foi ordenado ao ministério pastoral em 1953 pelo missionário sueco Nels Nelson e pelo pastor José Teixeira Rego. Assumiu a presidência da Convenção dos Ministros da Assembléia de Deus no Ceará em 1985. 
Seu sepultamento ocorreu no dia 4 de junho no Cemitério Parque da Paz, em Fortaleza. Uma pequena multidão compareceu, incluindo pastores de diversas congregações.

Fonte: Dicionário do Movimento Pentecostal, Isael de Araújo, 1ª ed., CPAD, 2007.

George Gonsalves 

UM MILHÃO DE BÍBLIAS NO MAR


     Em 18 de junho de 1981 foi iniciada uma operação evangelística audaciosa. O irmão André, da Missão Portas Abertas, criou com um grupo de amigos o Projeto Pérola, cujo plano era levar clandestinamente para a China comunista, em uma só remessa, um milhão de Bíblias.   
O transporte seria feito por mar até uma praia deserta perto de Shantou, cerca de 150 quilômetros do norte de Hong Kong. Chineses, então, iriam até a praia, recolheriam as Bíblias para, depois, distribuí-las para as igrejas clandestinas de todo o país. 
Foram comprados, para o projeto, um rebocador e uma barca. As Bíblias, divididas em 232 pacotes de uma tonelada, foram colocados na barca, amarrados uns aos outros.      
Sob a escuridão da noite do dia 18 os pacotes foram lançados ao mar. Dois pequenos barcos puxaram os pacotes amarrados com as cordas até a praia, onde dois mil cristãos chineses esperavam para puxá-los. Quando quase todas as Bíblias tinham sido resgatadas da água, um grupo de soldados apareceu, fazendo patrulha. Eles apreenderam as Bíblias que ainda restavam e as jogaram de volta ao mar. No final, estimou-se que cerca de dez mil Bíblias (1% do total trazido) foram lançadas ao oceano pelos soldados. Mas, no dia seguinte, por toda aquela cidade, milhares de cópias das Bíblias de capas pretas foram vistas secando ao sol, sobre o telhado das casas.
       A operação foi um sucesso. A palavra de Deus foi espalhada pelo grande país e seus efeitos não podem ser mensurados.

(fonte: Portas Abertas-Servindo cristãos perseguidos, vol. 28, nº 7)
     


MISSÕES NO CENTENÁRIO DA ASSEMBLÉIA DE DEUS

Igreja Assembléia de Deus comemora seu centenário enviando 100 missionários para a janela 10-40.


        Em comemoração ao centenário de fundação das Assembléias de Deus no Brasil, a igreja paraense enviou 100 missionários para a região da Janela 10-40, parte do globo terrestre que abriga a maior parcela de povos não-evangelizados, estimados em 2 bilhões de pessoas.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
        Movidos por um sonho, os missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren deixaram os Estados Unidos e dirigiram-se, como passageiros de terceira classe do navio Clement, para Belém do Pará, onde aportaram no dia 19 de novembro de 1910. Foi lá que a Assembléia de Deus teve o seu início no Brasil.
       Os dois missionários receberam abrigo do pastor metodista Erik Nelson, que os hospedou no porão da igreja em Belém. Mas como falavam em línguas estranhas, os suecos foram expulsos e fundaram a Assembléia de Deus, em 1911.
       Cem anos depois, a Assembléia de Deus do Pará imita os seus fundadores e envia missionários para a região que abrange o Oeste e Norte da África até o Japão, área que fica entre 10 e 40 graus acima da linha do Equador, formando um retângulo, denominado de Janela 10-40.
       Depois de receberem treinamento missionário pelo Projeto Uniásia, envolvendo conhecimentos bíblicos, missiológico, transculturalismo, de espanhol, inglês e de uma língua asiática, além da formação universitária, 100 jovens trabalham na Janela 10-40 na propagação do Evangelho entre não-cristãos.
       “Vamos celebrar os 100 anos meditando sobre aqueles dois jovens obedientes que aceitaram o grande desafio de virem para estas terras inóspitas, na época, para trazerem a mensagem de avivamento e, 100 anos depois, mostrar que ela produziu muitos frutos”, disse o pastor David Botelho, da igreja paraense.
        As Assembléias de Deus são, hoje, a maior denominação evangélica no Brasil. Botelho, diretor da Missões Horizonte, que prepara missionários, desafia a igreja evangélica a vocacionar pessoas para a evangelização do planeta.
       “Se, hoje, cada igreja evangélica do Brasil tivesse apenas um missionário, teríamos cerca de 300 mil obreiros brasileiros atuando em missões. Você já imaginou o impacto espiritual que esse contingente provocaria no mundo?”- instigou.

Fonte: ALC / Gospel+



DIÁRIO DE JOHN WESLEY

DIÁRIO DE JOHN WESLEY – O PAI DO METODISMO
 (EDIÇÃO COMPACTA)
Arte Editorial, 2009, 422p.


       John Wesley (1703-1791) foi um dos mais bem sucedidos evangelistas da recente história da igreja. O seu diário, publicado em forma compacta, revela muito do seu caráter e seu incessante trabalho através da Inglaterra, Escócia e Irlanda. 
        Fiquei impressionado com o seu vigor e compromisso com a pregação da palavra. A ministração do evangelho ao ar livre não era comum em seu tempo e até mesmo visto por muitos como um sacrilégio. Quando começou seu ministério fora dos templos ele anotou: “Mal pude me reconciliar comigo mesmo, a princípio, por este estranho modo de pregar nos campos” (29/03/1739). Contudo, sentiu seu chamado para esta missão, e tão forte que pôde escrever no mesmo ano: “O mundo todo é minha paróquia” (p. 100).
       O trabalho de Wesley foi tão intenso que ele curiosamente escreveu em 02 de abril de 1764: “Tive um dia de descanso” (p. 267). Encontramos uma anotação sua aos 86 anos pregando para uma multidão que ele calculou em mais de vinte e cinco mil pessoas (p. 357). Calcula-se que a distância que ele percorreu (a pé ou a cavalo) no seu trabalho de evangelização é suficiente para dar três voltas no planeta.        
       Percebemos nas suas anotações que ele não fundou especificamente uma igreja, mas liderou um movimento: o Metodismo, caracterizado pela ênfase na santidade e divulgação do evangelho.
      Recomendo a leitura deste livro a todos os líderes eclesiásticos e àqueles que estão comprometidos com a evangelização. Que Deus levante mais homens como Wesley em nosso tempo. 
George Gonsalves




HOMEM


"O homem que não se deixar abater e derrotar pela aridez e pelo desamparo, mas que permitir que Deus o guie calmamente pelo deserto e não busque ajuda e orientação em mais nada a não ser na pura fé e confiança somente em Deus, chegará à Terra Prometida."
THOMAS MERTON

"Todo homem vale exatamente tanto quanto vale aquilo em que ele se empenha."
MARCO AURÉLIO

"Toda a Humanidade é feita de um único autor e pertence a um único volume; quando um homem morre, um capítulo não é retirado do livro, mas traduzido para uma linguagem melhor. "
JOHN DONNE



"Nenhum homem é uma ilha, inteiramente isolado; todo homem é um pedaço de um continente, uma parte de um todo {...} a morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntai: Por quem os sinos dobram; eles dobram por vós."
JOHN DONNE

"O homem não é uma expressão aritmética; ele éum ser misterioso e intrigante, e sua natureza é extrema e contraditória em todos os sentidos."
DOSTOIÉVSKI

O homem é conseqüência da sua insuficiência, que tem como resultado a experiência de jamais bastar a si próprio.
RICARDO PETER  



Na medida em que sou homem, sou a principal das criaturas. Na medida em que sou um homem, sou o principal dos pecadores.
              CHESTERTON



À pergunta “Que é você? Eu só podia responder: “Só Deus sabe”. E à pergunta “Qual o significado da Queda do Homem?” Eu só podia responder com sinceridade total: “Seja lá o que eu sou, eu não sou eu mesmo".
  CHESTERTON



Não existem pessoas comuns. Vocês jamais conversaram com alguém que fosse um simples mortal [...] é com imortais que brincamos, trabalhamos e nos casamos; são imortais aqueles a quem insultamos e a quem exploramos – horrores imortais ou esplendores eternos [...] I nosso ato de caridade deve ser o amor verdadeiro e caro, sem transigência com os pecados, apesar de amar o pecador – não mera tolerância, nem indulgência, que mais é uma paródia do amor assim como a irreverência é uma paródia do divertimento.
                                       C.S. LEWIS    



Seremos pessoas verdadeiras, eternas e realmente divinas somente no Céu, como nós somos, mesmo agora, corpos que têm cor somente na presença da luz.
          C.S LEWIS

Dizer que o homem é um misto de fraqueza, luz e cegueira, não é instaurar-lhe processo, é defini-lo.
DIDEROT


Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...