12 de julho de 2010

UM MILHÃO DE BÍBLIAS NO MAR


     Em 18 de junho de 1981 foi iniciada uma operação evangelística audaciosa. O irmão André, da Missão Portas Abertas, criou com um grupo de amigos o Projeto Pérola, cujo plano era levar clandestinamente para a China comunista, em uma só remessa, um milhão de Bíblias.   
O transporte seria feito por mar até uma praia deserta perto de Shantou, cerca de 150 quilômetros do norte de Hong Kong. Chineses, então, iriam até a praia, recolheriam as Bíblias para, depois, distribuí-las para as igrejas clandestinas de todo o país. 
Foram comprados, para o projeto, um rebocador e uma barca. As Bíblias, divididas em 232 pacotes de uma tonelada, foram colocados na barca, amarrados uns aos outros.      
Sob a escuridão da noite do dia 18 os pacotes foram lançados ao mar. Dois pequenos barcos puxaram os pacotes amarrados com as cordas até a praia, onde dois mil cristãos chineses esperavam para puxá-los. Quando quase todas as Bíblias tinham sido resgatadas da água, um grupo de soldados apareceu, fazendo patrulha. Eles apreenderam as Bíblias que ainda restavam e as jogaram de volta ao mar. No final, estimou-se que cerca de dez mil Bíblias (1% do total trazido) foram lançadas ao oceano pelos soldados. Mas, no dia seguinte, por toda aquela cidade, milhares de cópias das Bíblias de capas pretas foram vistas secando ao sol, sobre o telhado das casas.
       A operação foi um sucesso. A palavra de Deus foi espalhada pelo grande país e seus efeitos não podem ser mensurados.

(fonte: Portas Abertas-Servindo cristãos perseguidos, vol. 28, nº 7)
     


Nenhum comentário:

Você pode também gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...